Início » Uncategorized » GRUPO GAY DA BAHIA ADVERTE O PAPA:

GRUPO GAY DA BAHIA ADVERTE O PAPA:

papa francisco

PARE DE PROMOVER A HOMOFOBIA NO MUNDO!

O Grupo Gay da Bahia (GGB), a mais antiga Ong de defesa dos direitos dos homossexuais no Brasil e América Latina, tem rica história de protesto contra os papas que visitaram o Brasil nestes últimos 30 anos: quando das duas visitas de João Paulo II, queimou na porta da Catedral de Salvador suas encíclicas consideradas homofóbicas, repetindo o mesmo protesto quando Bento XVI visitou o país. Também no Rio de Janeiro grupos LGBT protestaram nas ruas naquelas ocasiões.

O Papa Francisco não será poupado: segundo o presidente do GGB, Prof.Luiz Mott, ex-frade dominicano, “apesar de toda simpatia e carisma, Francisco, em poucos meses de mandato, já praticou dois atos discriminatórios acintosos contra a comunidade homossexual mundial: em sua primeira encíclica, Lumen  Fidei, condenou as uniões homoafetivas ao restringir o casamento apenas à união entre homem e mulher, além disso, vai canonizar o homófobo mais radical do século XX, o Papa João Paulo II, autor desta abominável condenação:  o homossexualismo é intrinsecamente mau!

Lideres do movimento LGBT brasileiro criticam também as declarações do  presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) , D. Raymundo Damasceno ao defender que o papa Francisco se pronuncie contra o casamento gay durante a Jornada Mundial da Juventude para “não ser conivente com comportamentos que se opõem aos valores morais e aos ensinamentos éticos da Igreja”. Mott contra ataca: “se o Papa repetisse aqui o ensinamento antigo da Igreja que o Islamismo é intrinsecamente mau, já imaginou a reação dos talibãs?! Não ia ter papamovel blindado que impedisse atentados! Hoje, a maioria dos católicos, inclusive do baixo clero, é contra a condenação da homossexualidade, o Papa e os Cardeais têm de ouvir a voz do povo, voz de Deus!”

Para o Presidente do Grupo Quimbanda Dudu de Negros Homossexuais, Marcelo Cerqueira, “se até a Rainha da Inglaterra, chefe da Igreja Anglicana, aos 87 anos, aprovou nesta semana a legalização do casamento homoafetivo, é inaceitável e tem de mudar esta resistência arrogante do Vaticano em reconhecer e abençoar o inevitável reconhecimento universal do ensinamento de Jesus, “amai-vos uns aos outros… e onde há amor, Deus está presente!” Lembra que o Brasil é onde mais homossexuais e travestis são assassinados no mundo: 338 “homocídios” no ano passado, um a cada 26 horas! “A Igreja tem as mão sujas do sangue das vítimas da homofobia!”, completa Cerqueira.

Os líderes do movimento LGBT advertem o papa Francisco:  o Brasil é um país laico e a Constituição Federal proíbe qualquer tipo de preconceito e discriminação, portanto, que não fale nada contra os direitos humanos dos homossexuais, já que também aqui  foi legalizado o casamento homoafetivo, apoiado por mais da metade dos brasileiros, inclusive pela maioria dos famosos cantores que abrilhantarão a Jornada Mundial da Juventude.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: