Início » NOTÍCIAS » Presidente do GGB repudia declaração odiosa de Benedito Ruy Barbosa.

Presidente do GGB repudia declaração odiosa de Benedito Ruy Barbosa.

272

Salvador, Bahia, quinta-feira, 10 de março de 2016 – Do GGB. O presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB), professor Marcelo Cerqueira, 46 anos, esteve na tarde dessa quinta-feira no programa Universo Axé do apresentador Alex Lopes, nos estúdios das novas instalações da rádio Tudo FM, no edifício CEO, na Tancredo Neves. Cerqueira, convidado pelo também jornalista Caio Coroa, aproveitou a oportunidade para repudiar as declarações consideradas homofobicas do novelista Benedito Ruy Barbosa no lançamento de sua nova obra “Velho Chico”, pela Rede Globo de Televisão.

Cerqueira critica novelista em relação a sua declaração de “responsabilidade”. Benedito diz: “O que acho é que quando eu tenho na mão 80 milhões assistindo minha novela, tenho que ter responsabilidade com as pessoas que estão me assistindo.”. Vamos pensar aqui na palavra “responsabilidade”, declarou Cerqueira e segue.  “Em um país em que tantas pessoas são mortas por serem homossexuais, colocar personagens homossexuais e passar uma imagem positiva dessas personagens é sim uma atitude de responsabilidade” questiona alertando ainda que  existe um cunho educativo na telenovela, e mostrar que um ser humano não deve ser morto e/ou punido por sua orientação sexual é educativo.  Recentemente a telinha deu ótimo exemplo  na novela “Totalmente Demais”, que fez uma campanha anti-homofobia.

Nos dias atuais é importante mostrar esse tipo de personagem pois ajuda diminuir a ignorância sobre o assunto. “Sim, caro Benedito, talvez o pai não saiba explicar ao filho porque esse pai ainda acha que o homossexual é um descarado, um pervertido, etc. Então, cabe sim à televisão, que para muitos é a única forma de informação, mostrar que, independentemente da orientação sexual, as pessoas merecem respeito”, conclui Marcelo Cerqueira.

Os oitenta milhões de telespectadores que ele tem na mão deve saber respeitar e saber  que NÃO SE PODE MATAR, AGREDIR, FERIR OU DISCRIMINAR ALGUÉM por sua orientação sexual. Talvez a tevê eduque esse pai a não ser tão preconceituoso quanto você, e possamos ter um mundo melhor no futuro, sem que pais e mães de homossexuais se preocupem com seus filhos por causa de agressões que eles possam sofrer na rua por causa de sua orientação homossexual. O programa teve inicio ás 16h e seguiu até ás 17h Fabete Boca de Motor, também participou do programa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: