O MARTÍRIO DE DANDARA

Brasil é país que mais mata travestis e transexuais Matança da população LGBT foi recorde em 2016, com 347 mortes. Subnotificação mascara a violência O assassinato da travesti Dandara Kataryne, de 42 anos, em Fortaleza, é a ponta de um iceberg de uma população que vem sendo dizimada pelo ódio e pelo preconceito. Monitoramento da…