Início » NOTÍCIAS » Flora Gil Madrinha da 16ª Celebração do Orgulho LGBT da Bahia. Sim da produtora agrega valores culturais ao evento que pretende reunir 900 mil pessoas.

Flora Gil Madrinha da 16ª Celebração do Orgulho LGBT da Bahia. Sim da produtora agrega valores culturais ao evento que pretende reunir 900 mil pessoas.

 

Produtora Cultural Flora Gil, mãe, mulher, empresária, síntese da família Gil, madrinha cultural e das artes. 

Salvador, Bahia, quinta-feira, 29 de junho de 2017 – Do GGB. O Grupo Gay da Bahia (GGB) através do presidente Marcelo Cerqueira, recebeu a confirmação da produtora Flora Gil, a tão esperada confirmação para o convite para assumir a faixa de Madrinha da 16ª Celebração do Orgulho LGBT da Bahia e da VI Semana da Diversidade de Salvador, eventos que começam no dia 4 de setembro próximo e segue até o dia 10 com a Celebração no Centro da capital baiana. A notícia chegou na manhã, dessa quinta-feira, por meio do presidente da Bahiatursa, Diogo Medrado, que falou diretamente com a produtora, em seguida a mesma, por telefone confirmou com o presidente do GGB Marcelo Cerqueira. “ Claro que sim, o que devo fazer!?.” Disse Flora. “ Subir no trio, receber a faixa, abrir o evento com um lindo discurso”, disse Cerqueira.

De acordo com a produção a presença de Flora Gil no evento, na condição de madrinha, é um sonho nutrido há anos, e chegou o momento. “Flora é a síntese da família Gil, sua presença agrega valores culturais e simbólicos que representam muito para a Bahia, o Brasil e isso reforça a nossa luta LGBT por respeito, igualdade e cidadania”, declarou Marcelo Cerqueira, presidente do GGB, informando ainda Preta Gil, foi madrinha da 5ª Celebração em 2005. Flora também recebe honraria de gratidão ao cantor, compositor e ex-ministro da Cultura do Brasil, Gilberto Gil, por sua atuação na condução da cultura no Brasil, e por ser o grande homem, o príncipe negro da música popular Brasileira, que com sua foz, educou, formou e inspirou uma geração inteira culturalmente.

 

Jornalista Maíra Azevedo, Tia Má, madrinha youtubers, comunicadora de massa, ativismo de gênero e raça. 

Também já disse sim a faixa de madrinha foi a jornalista baiana youtubers Maira Azevedo, criadora da personagem feminina Tia Má, grande revelação de ativismo negro na internet. A escolha de duas madrinhas possui significado especial que é unir esforços na resposta as expressões da LGBTfobia, que nos últimos anos tem se revelado de forma cruel vitimando de modo fatal seres humanos só por possuir orientação sexual homossexual. A presença das duas no evento abre diferentes espaços de diálogos junto a diferentes setores da sociedade, isso é muito bom porque pode sensibilizar muito mais pessoas no sentido de que descontruir as expressões da LGBTfobia não é fazer propaganda de orientação sexual, mas dos direitos coletivos e difusos da sociedade.

A 16ª Celebração do Orgulho é uma realização do GGB, Quimbanda Dudu e Centro Baiano Anti-Aids. As instituições elegeram “Viver Livres na Cidade que Amamos” como o tema do evento que pretende reforçar a cidadania dos LGBT baianos a partir da ocupação de forma ordenada dos espaços públicos nas cidades, como territórios de identidades. Isso inclui a demonstração de afeto no uso desses espaços públicos. Acontece no dia 10 de setembro no Centro de Salvador, a previsão é de 10 trios elétricos das 15h0 até as 20h00. Um palco para exibição de bandas musicais das 11h00 até das 21h30. Espera-se um público de 900 mil pessoas no Centro da cidade.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: