10 anos do reconhecimento das famílias homoafetivas pelo STF.

em

01/05/21 – O Supremo Tribunal Federal (STF), no dia 5 de maio de 2011, decide equiparar as relações entre pessoas do mesmo sexo às uniões estáveis entre homens e mulheres.

Antes disso, os casos de separação e pensão por morte não eram possíveis, sobretudo pela impossibilidade da comprovação da união. Pensando em ajudar a resolver essa questão, o Grupo Gay da Bahia criou o livro de registro de União Estável. O GGB realizou 32 uniões.

O primeiro registro foi no ano de 2003, o casal de Camaçari, Juniel Rios e Henrique Plínio ( @henriquepliniosantosrios ) Rios (@joniel_rios ).O GGB foi até a cidade realizar a cerimônia, que contou com a cobertura da TV Bahia ( @tvbahiaoficial ).

O casal passou por todos os processos, enfrentou tudo, somente em 2013 a união foi assinada de acordo com a Lei atual. Tudo isso tem um grande esforço da Desembargadora Maria Berenice Dias (@mberenicedias ) , Luiz Mott ( @luizmott ) e entre outros.

Colabore com a reforma de nossa sede, vakinha virtual.

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-a-reforma-conservacao-e-manutencao-do-grupo-gay-da-ba

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s