Início » Uncategorized (Página 2)

Arquivo da categoria: Uncategorized

CALENDÁRIO

janeiro 2020
S T Q Q S S D
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Fora Infeliciânus

!cid_F2FE2D0FA9C441F4A21E132DE5AA1B8F@cpu

!cid_1A4022993566496DAD1FEF550ADE9CBB@cpu

!cid_26F3CCB7B66144B0A71834AAD9A2DD4C@cpu

1010252_674809315869312_1814249920_n

8549_675221062494804_652164844_n

ggb na manifestacao

Michael Waldholz, colaborador da revista Forbes, escreve sobre a indústria da saúde e inovações médicas.

Conteúdo extra:
Forbes, 31/07/2012
Uma das razões pelas quais a catástrofe da aids, que já dura 30 anos, continuará a fazer vítimas é que se está negligenciando uma confluência histórica de avanços na luta contra a doença.
Isso ficou claro para mim semana passada, na Conferência Internacional de Aids em Washington, que acontece a cada dois anos. Durante os seis dias do evento, mais de 25 mil participantes de todo o mundo escutaram pesquisadores, gestores, políticos e ativistas repetirem, como se seguissem um roteiro meticulosamente elaborado, uma mensagem surpreendente e profunda: as evidências científicas emergentes mostram que os novos tratamentos e estratégias de prevenção, se empregados ampla e conjuntamente, podem deter a marcha incansável do vírus. (mais…)

ILGA

ILGA

GGB considera campanha da Schin provocação gratuita às pessoas trans

 

Entidade oferece lista com nomes de mulheres trans “gostosas” á cervejaria que pegou pesado no vídeo do São João. Ação sugere reparar o tropeço dado pela agência.

Marcha das vadias

Movimento contra a violência sexual acontece em Salvador

 
Quem passou pelo centro de Salvador na tarde deste sábado, 26, encontrou um protesto diferente no trajeto entre a praça da Piedade e o Terreiro de Jesus. O movimento Marcha das Vadias, realizado entre às 15h e às 18h, reuniu cerca de 300 homens e mulheres, principalmente jovens mobilizados via redes sociais, com placas, faixas e palavras de ordem, para protestar contra a violência sexual e a cultura machista ainda dominante de colocar a mulher como culpada ou motivadora da agressão sexual sofrida. (mais…)