Últimas Notícias

Esse é o Portal do Grupo Gay da Bahia

Gays querem direito de frequentar praia de naturismo na Bahia

Salvador ,5 de janeiro 2004 – Vale a pena ler de novo

Foto/Marcelo Cerqueira

Um grupo de gays invadiram na manhã de 5 de janeiro de 2004 a reserva naturalista da Vila de Massarandupió, no município de Entre Rios, na Bahia. A caravana composta por militantes homossexuais ligados ao Grupo Gay da Bahia (GGB) reivindicou o direito que os demais praticantes do naturismo têm de ficarem nus na reserva, também uma repórter e um fotógrafo do jornal A Tarde.

Esta decisão foi tomada por parte dos militantes a partir de uma série de denúncias feitas por gays ao GGB relatando que foram impedidos de permanecer na praia por parte do Sr. Miguel Gama, presidente da Associação Baiana de Naturismo e segundo os mesmos a negativa tinha como base a sua orientação sexual.

O protesto começou por volta das 10hs da manhã e se estendeu até às 14hs, concentrando-se em frente à barraca de Miguel Gama, que não quer a presença de homossexuais no local e é categórico em afirmar que não aceita homossexuais e sim, casais e famílias. “Os gays que frequentaram a praia faziam coisas imorais na área”, declamou alertando que tinha fotos impublicáveis de gays em cenas de sexo. Começando o bate-boca. “Isso é apelação baixa, a praia é um espaço público e se existe normas éticas, elas devem ser aplicadas a todos, independentemente de orientação sexual, disse”. Marcelo Cerqueira presidente do Grupo Gay da Bahia e Secretário de Comunicação da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Travestis (ABGLT).

O protesto pegou de surpresa os banhistas que estavam na praia. Alguns levantaram discretamente e foram para outros lugares, inclusive com receio dos fotógrafos que acompanhavam o grupo. Já os nudistas que ficaram, alguns ignoraram o ato e outros vieram falar com os militantes solidarizando-se e afirmando que os gays têm os mesmos direitos de frequentar a praia como as demais pessoas. O Grupo Gay da Bahia entregara na tarde no início da semana carta-denúncia ao Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria Pública do Estado da Bahia a qual deverá avaliar os fatos e encaminhar ao Ministério Público para as devidas e cabíveis providências.

A Vila de Massarandupió fica localizada a 150 km partindo de Salvador, depois da Praia do Forte e antes de Costa do Sauípe. A Vila tem menos de 1 mil habitantes que vivem em condições humildes. Dona Vivaldina Gonçalves, 71 anos, artesã que ganha o sustento de sua família vendendo bolsas e chapéus para os poucos turistas ocasionais não tem nada contra a praia de nudista e nem a presença de gays na região.

Perguntada sobre a questão, ela afirmou que “para quem gosta de se refrescar, está ótimo”. Já a sua neta Alessandra Gonçalves, disse “para quem não tem dinheiro para comprar biquíni, está ótimo”. Ambas relataram a falta de investimento para movimentar a economia local. O Grupo Gay da Bahia quer promover a Vila de Massarandupió como um destino turístico na região, convidando gays, lésbicas e simpatizantes de todo o mundo para visitarem a cidade e curtir a praia. “A praia é mar aberto, é lindíssima” declarou Oseas Santana, presente na caravana gay. A iniciativa do GGB coincide com a criação do Grupo de Naturistas Salvador que atende pelo e-mail marcelo99894748@gmail.com e pelo fone (71) 99989.4748 ainda sem sede provisória em Salvador. Todos os domingos o grupo organiza passeio para a Vila de Massarandupió a iniciativa deverá ser durante todo o verão. Das pousadas até a Praia das Dunas são cerca de 3km.

Deu até samba para cordelista

O protesto gay na praia de Massarandupió inspirou o poeta Jotacê Freitas a editar o cordel “os gays que quebraram o pau numa praia da Bahia”. Leitura divertidíssima, fruto da imaginação genial do artista. O fim da história dada pelo autor diz o seguinte: ficar nu não é pecado, só é crime se atentar contra o pudor e os bons costumes, se exibir em qualquer lugar. Sou poeta popular e não posso admitir discriminação nenhuma, preconceito é ruim contra preto, pobre e fêmea, gays, lésbicas e afins. É isso aí, valeu Jotacê.

Serviço

Pousada Naturista (75) 3402 4012 – 71 9988 8077
Alameda dos Coqueiros s/n – Massarandupió, Entre Rios, BA
Pousada Santo Antônio (75) 3402.4042 (71) 9145.1590 – (71) 9980 0286
Alameda dos Coqueiros s/n – Massarandupió, Entre Rios, BA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques da Semana