Últimas Notícias

Esse é o Portal do Grupo Gay da Bahia

VARZEDO: Pré-candidato a Prefeito Binho da Rifa, faz ataques homofóbicos, com ódio e intolerância religiosa

Áudio que circula nos grupos de WhatsApp, atribuido ” colocarei a polícia para tirar eles das praças…”

Um áudio que circula nas redes sociais, chocou o Recôncavo pelo conteúdo de ódio, homofobia e intolerância religiosa, por parte do Pré-candidato a Prefeito de VARZEDO, Binho da Rifa. O mesmo diz que se eleito for, vai proibir movimento LGBTQIA+ nas ruas da cidade, usando forças policiais. O áudio está circulando em diversos grupos de whatsapp do município e de outras cidades do RECÔNCAVO. O site PIRÔPO NEWS BAHIA, está a disposição das organizações LGBT e do próprio pré-candidato, para que possam se pronunciar. (com informações do Pirôpo News 21 de abril)

GGB vai denunciar pelos crimes de Lgbtfobia e racismo

O GGB através do aplicativo notta.ai transcreveu o teor da conversa atribuida, e considerou lamentável que um pré-candidato utilize discurso de ódio e perseguição contra um grupo social como palanque político.  “ A fala do pré-candidato tem capacidade de pessoas pelo seu conteúdo de ódio, ele reduz as conquistas que a comunidade LGBT teve nos últimos anos” Disse Marcelo Cerqueira, presidente do GGB na capital, continuando, não vale tudo para fazer politica e deve ser usada para libertar.

 O pronunciamento de Binho da Rifa pelo seu teor vai ser apresentado à Defensoria Pública da Bahia considerando que ele se refere a um grupo de pessoas, não somente os LGBT de Varzedo, mas toda a população do Estado. “ O pré-candidato teria supostamente cometido três infrações a legislação, fazer campanha antecipada nas redes sociais, intolerância religiosa e Lgbtfobia por declarar se for eleitovai prender os LGBTs da cidade   “…colocarei a polícia para tirar eles “.

Em 2019, por maioria, o Plenário aprovou a tese proposta pelo relator da ADO, ministro Celso de Mello, formulada em três pontos. O primeiro prevê que, até que o Congresso Nacional edite lei específica, as condutas homofóbicas e transfóbicas, reais ou supostas, se enquadram nos crimes previstos na Lei 7.716/2018 e, no caso de homicídio doloso, constitui circunstância que o qualifica, por configurar motivo torpe.

O conceito de racismo ultrapassa aspectos estritamente biológicos ou fenotípicos e alcança a negação da dignidade e da humanidade de grupos vulneráveis.

Leia a transcrição do áudio atribuído, supostamente Binho da Rifa

“Não falei que o grupo dos viados é ruim não. Eu falei que a bíblia condena, eu sou a pessoa religiosa, entendeu, tem um bocado de pessoas religiosas, católica, evangélica, tem budista, pode ter macumbeiro, feiticeiro pode ter todo tipo de gente. Eu respeito quem também não é católico, não é evangélico, respeito a todos, agora eu falei em relação aos gays que essa prática do homem das costas para o outro homem é coisa do cão, e o nosso Deus que está sobre o céu, sobre todas as alturas, não apoia essa prática do homem se relacionar com outros homens.

Isso é coisa do satanás, e eu não apoio essa prática ruim do diabo, se eleito for pela vontade da maioria do povo vazedense, se eu for o próximo prefeito de todos os vazedenses eleito dia 6 de outubro, nesta eleição de 2024, a partir do dia primeiro que eu, começar a governar, se o grupo de gays, se o grupo quiserem fazer um movimento LGBT, quiserem se manifestar, colocar em palanque, fazer caminhada de gay dentro da cidade de vazedo. Eu Binho da Rifa, estando prefeito de vazedo em praças públicas, que eu vou passar a mandar, então o poder abaixo de Deus eles não fará, porque colocarei a polícia para tirar eles das praças…” transcrição www.notta.ai.

https://www.piroponews.com/2024/04/varzedo-pre-candidato-prefeito-binho-da.html Áudio, aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques da Semana